Formações Teologia do Corpo

Série Teologia do Corpo #12: Cristo se refere ao coração humano

No texto da semana passada, foi concluído o primeiro ciclo das catequeses da Teologia do Corpo, no qual o Papa falava sobre o “homem original”, o plano de Deus para a humanidade deste o princípio. Neste momento das catequeses sobre o amor humano, São João Paulo II começa a falar sobre a humanidade após a experiência do pecado original e suas consequências, ou seja, sobre o “homem histórico”. Algo também importante de considerar sobre este segundo ciclo é o tempo de duração, pois este é o mais longo, consistindo em 40 audiências gerais feitas pelo Papa São João Paulo II entre 16 de abril de 1980 e 6 de maio de 1981.

Como o ponto de partida para cada ciclo das catequeses é a palavra de Deus (assim como no primeiro ciclo a palavra do capítulo 19 de Mateus), São João Paulo II se apoia, neste momento, a palavra de Jesus no sermão da montanha: “Ouvistes o que foi dito: ‘Não cometerás adultério’. Ora, eu vos digo: todo aquele que olhar para uma mulher com o desejo (luxurioso) de possuí-la, já cometeu adultério com ela em seu coração.” (Mt 5, 27-28). Para entendermos melhor o sentido deste “desejo” condenado por Cristo, Michael Waldstein (tradutor das catequeses) acrescenta uma importante observação e comentário no rodapé: “O ‘desejo’, em um sentido negativo, surge quando o homem ou uma mulher não consegue ver a atratividade completa ou plena da outra pessoa, e reduz esta atratividade somente à atratividade do prazer sexual”. Neste sentido, podemos dizer, que o que Jesus está condenando é este olhar reducionista e utilitarista (que trata o outro como um objeto para a sua satisfação própria), que o próprio São João Paulo II considera ser o movimento contrário ao amor autêntico.

Este período em que se trata da história do homem decaído pelo pecado, também é marcado pela experiência redentora de Cristo, que libertou o ser humano do estado de escravidão para conduzi-lo à Vida Nova. Podemos então definir este segundo ciclo como o período do homem decaído pelo pecado e redimido por Jesus, pois é assim mesmo a própria história da vida humana é dividida: em antes de Cristo e depois Dele.

Para concluirmos, uma curiosidade que talvez muitos não saibam sobre a Teologia do Corpo, é que na quarta-feira seguinte ao final deste ciclo (13 de maio do ano de 1981), o Papa sofre o atentado que quase lhe tirou a vida. Isso só não aconteceu, segundo o próprio São João Paulo II, porque Nossa Senhora de Fátima “desviou a bala”. Até hoje, a bala que atingiu seu peito está na coroa da imagem em Portugal. Mas a curiosidade maior é que, seguindo a lógica das catequeses, o Papa iniciaria neste dia o terceiro ciclo, no qual ele fala sobre o homem escatológico, ou seja, o nosso fim (o homem na glória eterna). Com a graça de Deus, e por intercessão de Nossa Senhora este não foi o seu fim, pois além de todo bem que ele faria à Igreja e ao mundo ao longo dos próximos anos, ele foi capaz concluir a Teologia do Corpo, que para muitos, é sua “obra prima”.

Por Valdo Júnior | Missão Maria de Nazaré

Agenda

SuMoTuWeThFrSa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 
 « ‹jul 2020› »