Banner Principal Formações

Questão de escolha

Várias são as respostas que podemos receber se perguntarmos o que faz as pessoas se sentirem vivas. Para alguns são os esportes, ou viagens, desafios, alcançar um objetivo, estar com alguém, talvez até ouvir uma música que goste. Mas com tantas oportunidades de se sentir bem, porque muitos sentem a necessidade de recorrer às drogas, pornografia e vários outros vícios para terem alguns momentos de prazer, alegria, para esquecer os problemas e fugir da própria vida?

Quando resumimos nossa felicidade em coisas passageiras rapidamente voltaremos ao estado de melancolia, de abatimento anterior, ocorrem picos de alegria que não perpetuam, nem nos saciam. E isso torna a busca por aquilo que nos faz feliz rapidamente cada vez mais intensa. Assim nos fechamos em nós mesmos, na ânsia de nos satisfazer, esquecemos do outro e nos afastamos de Deus.

Na maioria das vezes só se percebe que esses atos estão na verdade trazendo malefícios, para a própria pessoa e quem convive com ela, quando já está bem enraizado em seu ser. Mas superar esses vícios não está além de nossas forças ou acima de nosso alcance, está dentro de nós. É preciso reencontrar o caminho que nos leva à felicidade plena, a estrada que nos leva ao céu. A renúncia de certas atitudes não deve acontecer por medo de ser castigado pelo Senhor, mas por amor a Ele, que nos ama infinitamente mesmo sem merecermos. Por querer retribuir esse amor, agradá-lo e colocá-lo como centro de nossas vidas é necessário optar por abandonar os atos que não condizem com esse desejo.

É preciso assumir nossas fraquezas, somente assim estaremos abertos à ação de Deus, para que Ele possa nos curar e libertar. Além disso, é importante pedir ajuda e procurar alguém que possa nos direcionar, incentivar a melhorar. Uma pessoa que nos leve a permanecer trilhando nossa jornada e seja suporte nos eventuais tropeços. Ao decidir mudar devemos estar atentos a um objetivo maior que é buscar vivenciar aqui na terra, pelo menos em parte, o que desejamos viver no céu. Se depositarmos nossa confiança apenas em nós mesmos facilmente desistiremos e nos entregaremos a nossos impulsos e desejos.

A vida é uma questão de escolhas que devem ser tomadas não de maneira egoísta, mas percebendo o que é melhor de maneira ampla. É preciso se decidir por uma vida verdadeiramente feliz, apesar dos problemas e dificuldades. Depositar nossa confiança em Deus e acreditar que Ele sabe o que é melhor para cada um, mesmo quando não conseguimos entender. As soluções rápidas, fáceis para dispersar as tristezas e angustias geralmente nos fazem sentir piores quando terminam. O melhor caminho é aquele que pode ser mais difícil, mas nos torna capazes de encontrar a felicidade verdadeira.

972_957692184316277_2759172931241948735_n-150x150

Por Dafinne Walesca

Missionária da Comuniadade Missão Maria de Nazaré

Palavra do Fundador

Agenda

SuMoTuWeThFrSa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 « ‹jul 2021› »