Notícias

Missão Maria de Nazaré participa de manifestação no Ato em Defesa da Vida

Após a divulgação da nota oficial da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e Família da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), assinada pelo bispo de Osasco-SP e presidente da Comissão, dom João Bosco B. Sousa, ofm, ‘Aborto e Democracia‘, bispos de dioceses catarinenses também se pronunciaram sobre o assunto. A legalização do aborto voltou à pauta nacional em uma audiência pública convocada pela ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), realizada nesta sexta-feira, 3, e na próxima segunda-feira, 6 de agosto. Na audiência, está sendo debatido a descriminalização do aborto discutida na Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 442. Na ADPF 442, o partido questiona os artigos 124 e 126 do Código Penal, que criminalizam a prática do aborto. O PSol pede que se exclua do âmbito de incidência dos dois artigos a interrupção voluntária da gravidez nas primeiras 12 semanas de gestação, alegando a violação de diversos princípios fundamentais.

Para o autor da ação, os dispositivos questionados ferem princípios constitucionais como a dignidade da pessoa humana, a cidadania, a não discriminação, a inviolabilidade da vida, a liberdade, a igualdade, a proibição de tortura ou o tratamento desumano e degradante, a saúde e o planejamento familiar das mulheres e os direitos sexuais e reprodutivos.

Na cidade de Divinópolis um grupo se reuniu para promover Atos em Defesa da Vida. Formado Pastoral Familiar Diocesana, Equipes de Nossa Senhora, Missão Maria de Nazaré, Sacramento de Amor e Diocese de Divinópolis, o grupo promoveu três eventos à favor da vida. O primeiro ato aconteceu na noite desta quarta-feira, 1º de agosto, na Missa da Família, no Santuário de Nossa Senhora Aparecida, no bairro Bom Pastor, em Divinópolis(veja aqui). Já o segundo Ato em Defesa da Vida aconteceu na Catedral Diocesana na noite desta sexta-feira, 03 de agosto, na Catedral Diocesana(veja aqui). O terceiro e último ato aconteceu na manhã do dia 04 de agosto, sábado, no Salão Paroquial do Santuário de Santo Antônio. Estiveram presentes o bispo diocesano, Dom José Carlos; os padres Frei Vicente Ronaldo e Cassimiro da Silva; a Juíza de Direito da Vara da Família, Dra. Andréa Barcelos, o Delegado Regional da Polícia Civil, Dr. Leonardo Pio; a Médica Ginecologista, Dra. Fabíola Borges; o casal coordenador da Pastoral Familiar no Regional Leste 2 da CNBB, Sônia Rabello e Binho; membros das comunidades Sacramento de Amor e Missão Maria de Nazaré, e várias pessoas que são contra a legalização do aborto.

O ato foi iniciado com uma fala do Bispo Diocesano. Em seguida, cada autoridade e representantes da Pastoral Familiar e das comunidades Sacramento de Amor fizeram uma breve exposição relacionada aos malefícios da legalização do aborto.

 

Confira a homilia do Bispo Diocesano no Ato em Defesa da Vida realizado na Catedral Diocesana:

 

Confira também a homilia do  Padre Chrystian Shankar e a fala da Dra. Andréa Barcelos no Ato em Defesa da Vida realizado no Santuário de Nossa Senhora Aparecida:

POR TÚLIO VELOSO

Palavra do Fundador

Agenda

SuMoTuWeThFrSa
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

 
 « ‹abr 2021› »