Notícias Notícias - Casa Mãe- Divinópolis/ MG

Comunidade Terapêutica São João Paulo II oferece vagas gratuitas para adolescentes que queiram se livrar do vício das drogas

No intuito de minimizar a dor dos familiares e resgatar jovens das drogas, as Obras Sociais Missão Maria de Nazaré, em Divinópolis-MG, iniciaram o trabalho da Comunidade Terapêutica João Paulo II, que desde 2008 acolhe exclusivamente jovens de 12 a 18 anos incompletos, do sexo masculino, para tratamento de dependência química. A abertura da C.T. surgiu a partir de uma demanda da região, na qual não havia instituições que recebiam adolescentes menores de 18 anos.

A C.T. São João Paulo II é uma das poucas do Brasil a acolher exclusivamente adolescentes está em funcionamento desde o dia 11 de março de 2008. Nestes 11 anos já se passaram aproximadamente 400 adolescentes de todo estado de Minas Gerais pela instituição que é mantida e assistida pelas Obras Sociais da Missão Maria de Nazaré.

O tratamento tem duração de no mínimo seis e no máximo doze meses. Os meses são divididos em estágios – fases classificadas metaforicamente e ludicamente pelo sinal de trânsito, assim cada estágio se assemelhará a uma cor, respectivamente vermelho, amarelo e verde, que poderá durar de 2 a 4 meses casa fase e funcionará como diretriz estrutural do processo de tratamento.

A comunidade terapêutica conta com voluntários, parceiros e uma equipe formada por: psicóloga, assistente social, pedagogo, monitores, cozinheira, enfermeira e outros profissionais que auxiliam no tratamento dos jovens. O tratamento que pode durar de seis a doze meses, dependendo do desenvolvimento do acolhido, é dividido através de um tripé terapêutico, composto pelos seguintes campos de trabalhos: plano de acompanhamento psicossocial (por meio de atendimentos individuais), plano de terapia ocupacional (atividades pedagógicas, laborterapia) e plano de terapia espiritual (que consiste na programação dos 12 passos da Pastoral da Sobriedade e atividades de desenvolvimento interior).

Além de todo o plano de trabalho realizado no tratamento dos jovens, eles também participam de atividades que estimulam seu desenvolvimento e criatividade, como oficinas de artesanato, cursos profissionalizantes, ministrado por voluntários, aulas de catequeses, atividades de recreação, lazer, práticas de esportes, celebrações diárias, reforço escolar, dentre outros. Outra atividade desenvolvida com os jovens acolhidos, conta com a parceria da Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg- Unidade Divinópolis), através de professores e estudantes universitários, que desenvolvem o projeto de extensão: “Escolarização de adolescentes em tratamento da dependência química”.

Nesses 11 anos de acolhimento muitos jovens passaram por ali e concluíram seu tratamento e muitos, mesmo que não chegaram até o final, foi lhes dado a oportunidade de uma vida melhor. A comunidade se sente gratificada por isso, por ter sido luz na vida desses jovens que se encontravam na escuridão, por ter sido o caminho que indicou que é possível viver bem e feliz sem as drogas, mostrando que é possível recomeçar, é possível mudar de vida e voltar para aqueles que tanto o ama. A Comunidade MMN se orgulha também, por te sido um ventre que formou esses jovens para uma vida nova e que esses frutos são méritos daqueles que acreditaram na mudança e contribuíram nessa missão.

No momento estamos com algumas vagas disponíveis para internação! Caso você tenha interesse ou conheça algum jovem que queira se livrar do vício das drogas, entre em contato conosco!

Para outros jovens que necessitam desse acolhimento, a obra precisa continuar e sua ajuda é imprescindível. Se você pode nos ajudar ou quer conhecer um pouco mais dos trabalhos da Comunidade terapêutica e da Missão Maria de Nazaré, entre em contato pelo telefone: (37) 3212-8557 (Centro de Formação MMN) ou 3212-0818 (Comunidade Terapêutica São João Paulo II)