Notícias Notícias - Casa Mãe- Divinópolis/ MG

Comunidade Terapêutica São João Paulo II: 11 anos gerando e formando vida nova

Aconteceu na manhã deste domingo, 10 de março, uma missão em ação de graças pelos 11 anos de fundação da Comunidade Terapêutica São João Paulo II, que está em funcionamento desde o dia 11 de março de 2008. Já se passaram aproximadamente 400 adolescentes pela instituição que é mantida e assistida pelas Obras Sociais da Missão Maria de Nazaré.

Sendo uma das poucas do Brasil a acolher exclusivamente adolescentes do sexo masculino de 12 a 18 anos incompletos para tratamento de dependência química, a C.T. São João Paulo II usa, desde 2012, uma metodologia própria,  que foi desenvolvida pela Equipe Multidisciplinar.

O tratamento tem duração de no mínimo seis e no máximo doze meses. Os meses são divididos em estágios- fases classificadas metaforicamente e ludicamente pelo sinal de trânsito, assim cada estágio se assemelhará a uma cor, respectivamente vermelho, amarelo e verde, que poderá durar de 2 a 4 meses casa fase e funcionará como diretriz estrutural do processo de tratamento.

As fases em que os acolhidos se encontram são identificadas ludicamente através de crachás com as cores de cada fase, sendo:

VERMELHO: Conscientização
Refere-se a fase em que o acolhido já pensa em mudar, mas ainda não possui determinação suficiente.

AMARELO: Autoconhecimento
Momento em que o acolhido reconhece claramente que o uso o prejudicou e deseja uma mudança.

VERDE: Responsabilização
Refere-se a mudança de atitude do sujeito que começa a colocar em prática o que foi planejado mudando seus hábitos, atitudes e comportamentos.

A Santa Missa em ação de graças foi presidida pelo Padre Carlos Henrique e contou com a presença de membros, funcionários e voluntários da instituição. Alguns ex-acolhidos foram homenageados, dentre eles dois jovens chamados Pedro. Quem também foi homenageado foi o missionário Matheus Dias, atual ecônomo da MMN. Ele foi o primeiro coordenador da Comunidade Terapêutica. O atual coordenador da casa é o missionário Juvenil Elias.

Hoje casado e à espera do primeiro filho, Pedro Henrique falou da importância da Missão Maria de Nazaré em sua vida:

 

Eduardo Rivelly, fundador da Missão Maria de Nazaré, contou um pouco da história da Comunidade Terapêutica:

 

O tratamento tem duração de no mínimo seis e no máximo doze meses. Os meses são divididos em estágios- fases classificadas metaforicamente e ludicamente pelo sinal de trânsito, assim cada estágio se assemelhará a uma cor, respectivamente vermelho, amarelo e verde, que poderá durar de 2 a 4 meses casa fase e funcionará como diretriz estrutural do processo de tratamento.

O tratamento na C.T. tem duração de no mínimo seis e no máximo doze meses e é totalmente gratuito. Para que possamos continuar com o trabalho, precisamos de sua ajuda. Entre em contato pelo telefone (37)3212-8557.

Confira as fotos da missa: